CIMED GENERICO

Propranolol 40mg c/ 30 Comprimidos Genérico Cimed

-21%
Cloridrato de Propranolol - Medicamento Genérico - 40mg Caixa Com 30 Comprimidos Revestidos Indicação: Propranolol é indicado em casos de: - Hipertensão: O cloridrato de propranolol é indicado no tratamento da hipertensão. Leia mais...
Quantidade
Calcular frete e prazo de entrega
R$2,90 no boleto bancário

Disponível: Em estoque

Preço Normal: De R$3,66 por

Special Price R$2,90

Pague também nos cartões:

Descrição do produto


Cloridrato de Propranolol
- Medicamento Genérico
- 40mg Caixa Com 30 Comprimidos Revestidos

Indicação: Propranolol é indicado em casos de: - Hipertensão: O cloridrato de propranolol é indicado no tratamento da hipertensão. Pode ser usado isoladamente ou em associação com outros agentes anti-hipertensivos, especialmente com um diurético tiazídico. O cloridrato de propranolol não está indicado para as emergências hipertensivas. - Angina Pectoris devido á aterosclerose coronariana: O cloridrato de propranolol é indicado no tratamento prolongado de pacientes com angina pectoris. - Arritimias Cardíacas: O cloridrato de propranolol é indicado para o tratamento das seguintes arritmias cardíacas: Arritmias supraventriculares, taquicardias ventriculares, taquiarritmias por intoxicação digitálica. - Infarto do miocárdio: O cloridrato de propranolol é indicado para reduzir a mortalidade cardiovascular em pacientes que sobreviveram à fase aguda do infarto do miocárdio e estejam clinicamente estáveis. - Enxaqueca: O cloridrato de propranolol é indicado na profilaxia da enxaqueca comum. A eficácia de cloridrato de propranolol no tratamento da crise de enxaqueca já instalada não está estabelecida, não sendo indicado para tal uso. - Esteneose Subáortica Hipertrófica: O cloridrato de propranolol é útil no tratamento de estenose subaórtica hipertrófica, especialmente no tratamento de angina de esforço, angina de estresse, palpitações e síncope. O cloridrato de propranolol também aumenta a tolerância ao exercício físico. A eficácia de cloridrato de propranolol nesta patologia parece ser devido ao bloqueio de receptores beta-adrenérgicos, reduzindo o elevado gradiente de pressão de saída de fluxo que encontra-se exacerbado em consequência ao estímulo contínuo de receptores beta-adrenérgicos. - Feocromocitoma: Após a instituição do tratamento primário com um agente bloqueador alfaadrenérgico, cloridrato de propranolol pode ser utilizado como tratamento auxiliar, caso o controle da taquicardia seja necessário antes ou durante a cirurgia. É perigoso o uso de cloridrato de propranolol, a menos que drogas bloqueadoras alfaadrenérgicas já estejam sendo utilizadas, caso contrário poderia predispor a uma severa elevação da pressão arterial. Em feocromocitoma inoperável ou metastático, cloridrato de propranolol pode ser útil como auxiliar no tratamento dos sintomas, devido ao estímulo excessivo de receptores beta-adrenérgicos.

Contraindicação: O cloridrato de propranolol é contraindicado em: 1; choque cardiogênico; 2; bradicardia sinusal; 3; bloqueio atrioventricular maior que o primeiro grau (o bloqueio betaadrenérgico pode impedir a facilitação de condução induzida pela atividade simpática); 4; asma brônquica; 5; insuficiência cardíaca congestiva (vide Precauções e Advertências), a menos que a insuficiência seja subsequente a uma taquiarritmia tratável com cloridrato de propranolol.

VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA; NÃO UTILIZE NENHUM MEDICAMENTO SEM ORIENTAÇÃO MÉDICA, PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE.

Informação Adicional

Advertência Anvisa VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA. NÃO UTILIZE NENHUM MEDICAMENTO SEM ORIENTAÇÃO MÉDICA, PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE.
Sku 20956
Código EAN 7896523210438
Fabricante CIMED GENERICO
Marca GENERICO
Princípio Ativo PROPRANOLOL
Principal Indicação Propranolol é indicado em casos de: - Hipertensão: O cloridrato de propranolol é indicado no tratamento da hipertensão. Pode ser usado isoladamente ou em associação com outros agentes anti-hipertensivos, especialmente com um diurético tiazídico. O cloridrato de propranolol não está indicado para as emergências hipertensivas. - Angina Pectoris devido á aterosclerose coronariana: O cloridrato de propranolol é indicado no tratamento prolongado de pacientes com angina pectoris. - Arritimias Cardíacas: O cloridrato de propranolol é indicado para o tratamento das seguintes arritmias cardíacas: Arritmias supraventriculares, taquicardias ventriculares, taquiarritmias por intoxicação digitálica. - Infarto do miocárdio: O cloridrato de propranolol é indicado para reduzir a mortalidade cardiovascular em pacientes que sobreviveram à fase aguda do infarto do miocárdio e estejam clinicamente estáveis. - Enxaqueca: O cloridrato de propranolol é indicado na profilaxia da enxaqueca comum. A eficácia de cloridrato de propranolol no tratamento da crise de enxaqueca já instalada não está estabelecida, não sendo indicado para tal uso. - Esteneose Subáortica Hipertrófica: O cloridrato de propranolol é útil no tratamento de estenose subaórtica hipertrófica, especialmente no tratamento de angina de esforço, angina de estresse, palpitações e síncope. O cloridrato de propranolol também aumenta a tolerância ao exercício físico. A eficácia de cloridrato de propranolol nesta patologia parece ser devido ao bloqueio de receptores beta-adrenérgicos, reduzindo o elevado gradiente de pressão de saída de fluxo que encontra-se exacerbado em consequência ao estímulo contínuo de receptores beta-adrenérgicos. - Feocromocitoma: Após a instituição do tratamento primário com um agente bloqueador alfaadrenérgico, cloridrato de propranolol pode ser utilizado como tratamento auxiliar, caso o controle da taquicardia seja necessário antes ou durante a cirurgia. É perigoso o uso de cloridrato de propranolol, a menos que drogas bloqueadoras alfaadrenérgicas já estejam sendo utilizadas, caso contrário poderia predispor a uma severa elevação da pressão arterial. Em feocromocitoma inoperável ou metastático, cloridrato de propranolol pode ser útil como auxiliar no tratamento dos sintomas, devido ao estímulo excessivo de receptores beta-adrenérgicos.
Contraindicação O cloridrato de propranolol é contraindicado em: 1. choque cardiogênico; 2. bradicardia sinusal; 3. bloqueio atrioventricular maior que o primeiro grau (o bloqueio betaadrenérgico pode impedir a facilitação de condução induzida pela atividade simpática); 4. asma brônquica; 5. insuficiência cardíaca congestiva (vide Precauções e Advertências), a menos que a insuficiência seja subsequente a uma taquiarritmia tratável com cloridrato de propranolol.
Cor Não
Garantia (Meses) 1
Garantia (Descritiva) 30 dias contra defeito de fabricação.
Conteúdo da Embalagem Não
Voltagem Não
SAC do Fabricante 0800-7044647
Registro MS 1438101360027
Descrição Cloridrato de Propranolol
- Medicamento Genérico
- 40mg Caixa Com 30 Comprimidos Revestidos

Indicação: Propranolol é indicado em casos de: - Hipertensão: O cloridrato de propranolol é indicado no tratamento da hipertensão. Pode ser usado isoladamente ou em associação com outros agentes anti-hipertensivos, especialmente com um diurético tiazídico. O cloridrato de propranolol não está indicado para as emergências hipertensivas. - Angina Pectoris devido á aterosclerose coronariana: O cloridrato de propranolol é indicado no tratamento prolongado de pacientes com angina pectoris. - Arritimias Cardíacas: O cloridrato de propranolol é indicado para o tratamento das seguintes arritmias cardíacas: Arritmias supraventriculares, taquicardias ventriculares, taquiarritmias por intoxicação digitálica. - Infarto do miocárdio: O cloridrato de propranolol é indicado para reduzir a mortalidade cardiovascular em pacientes que sobreviveram à fase aguda do infarto do miocárdio e estejam clinicamente estáveis. - Enxaqueca: O cloridrato de propranolol é indicado na profilaxia da enxaqueca comum. A eficácia de cloridrato de propranolol no tratamento da crise de enxaqueca já instalada não está estabelecida, não sendo indicado para tal uso. - Esteneose Subáortica Hipertrófica: O cloridrato de propranolol é útil no tratamento de estenose subaórtica hipertrófica, especialmente no tratamento de angina de esforço, angina de estresse, palpitações e síncope. O cloridrato de propranolol também aumenta a tolerância ao exercício físico. A eficácia de cloridrato de propranolol nesta patologia parece ser devido ao bloqueio de receptores beta-adrenérgicos, reduzindo o elevado gradiente de pressão de saída de fluxo que encontra-se exacerbado em consequência ao estímulo contínuo de receptores beta-adrenérgicos. - Feocromocitoma: Após a instituição do tratamento primário com um agente bloqueador alfaadrenérgico, cloridrato de propranolol pode ser utilizado como tratamento auxiliar, caso o controle da taquicardia seja necessário antes ou durante a cirurgia. É perigoso o uso de cloridrato de propranolol, a menos que drogas bloqueadoras alfaadrenérgicas já estejam sendo utilizadas, caso contrário poderia predispor a uma severa elevação da pressão arterial. Em feocromocitoma inoperável ou metastático, cloridrato de propranolol pode ser útil como auxiliar no tratamento dos sintomas, devido ao estímulo excessivo de receptores beta-adrenérgicos.

Contraindicação: O cloridrato de propranolol é contraindicado em: 1; choque cardiogênico; 2; bradicardia sinusal; 3; bloqueio atrioventricular maior que o primeiro grau (o bloqueio betaadrenérgico pode impedir a facilitação de condução induzida pela atividade simpática); 4; asma brônquica; 5; insuficiência cardíaca congestiva (vide Precauções e Advertências), a menos que a insuficiência seja subsequente a uma taquiarritmia tratável com cloridrato de propranolol.

VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA; NÃO UTILIZE NENHUM MEDICAMENTO SEM ORIENTAÇÃO MÉDICA, PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE.
Fechar

Clique aqui e saiba mais sobre a nossa
Política de Envio.
Consulte no rodapé da loja nossas políticas.