Busque pelo nome do produto ou marca
Busque pelo nome do produto ou marca
Gelmax Sabor Papaia e Cassis c/ 24 Comprimidos Mastigáveis

EMS

Gelmax Sabor Papaia e Cassis c/ 24 Comprimidos Mastigáveis

-8%
Quantidade
Calcular frete e prazo de entrega

Disponível: Em estoque

Preço Normal: De R$15,99 por

Special Price R$14,66

R$14,66 no boleto bancário
Pague também nos cartões:

Produtos Similares

Descrição do produto

Gelmax é um antiácido indicado para o alívio imediato para azia, má digestão, queimação e gastrite. Gelmax (Hidróxido de Alumínio, Hidróxido de Magnésio, Cálcio) Para o tratamento sintomático da hiperacidez gástrica associada a diagnósticos de ulcera péptica, gastrite, esofagite péptica, hérnia de hiato. Posologia e Administração - GELMAX Comprimidos Mastigáveis: Mastigar 1 a 2 comprimidos 1/2 a 1 hora após as refeições e ao deitar-se. Precauções - GELMAX Pessoas com doenças renais não devem fazer uso de gelmax, pois o hidróxido de magnésio ou qualquer outro sal de magnésio em presença de insuficiência renal, provoca depressão do snc e outros sintomas de hipermagnesemia. - interações medicamentosas: não deve ser administrado a pacientes em uso de tetraciclinas.

Informação Adicional

Sku 4221
Código EAN 7896004817897
Fornecedor EMS
Links do Produto Não
Princípio Ativo Hidróxido de Alumínio, Hidróxido de Magnésio, Cálcio
Ingredientes/Composição Não
Benefícios Não
Principal Indicação No tratamento sintomático da hiperacidez gástrica associada a diagnósticos de ulcera péptica, gastrite, esofagite péptica, hérnia de hiato.
Contra Indicação Nos casos de hipocloridria e na insuficiência renal.
Cor Não
Tipo Não
Para Cabelos Não
Especificações Técnicas / Características Não
CERTIFICADOS Não
Selos do Produto Não
Garantia (Meses) 1
Garantia (Descritiva) 30 dias contra defeito de fabricação.
Conteúdo da Embalagem Não
Voltagem Não
SAC do Fabricante 0800-191914
Registro MS 1023501110016
Advertência Anvisa ESTE PRODUTO É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE UM MÉDICO E O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.