PRIMEIRA50 - Cupom para Primeira Compra

Agulhas e Seringas de Insulina

Mostrando 36 itens de 40

  1. 1
  2. 2

Mostrando 36 itens de 40

  1. 1
  2. 2

Mais sobre agulhas e seringas de insulina

Além de práticas saudáveis, pessoas diabéticas também podem contar com diversos aparatos desenvolvidos especialmente para facilitar a convivência com essa doença, que não possui cura. 

Não importa o quanto a ciência evolua em prol do diabetes, a forma mais comum e acessível de aplicar insulina no corpo ainda é com o uso de agulha e seringas.

As seringas comercializadas hoje possuem uma grande variedade em escala e espessura. As de menor espessura (4 mm de comprimento e ultra finas) são utilizadas em canetas de insulina. Antes de adquirir uma seringa, é preciso se atentar quanto a alguns detalhes: 

Capacidade - Existem três tipos de capacidade de seringa: 30 unidades, 50 unidades e 100 unidades. Esta deve ser escolhida de acordo com a quantidade de insulina prescrita pelo seu médico. 

Escala de graduação - a escala de uma seringa é marcada pelas linhas de dosagem que encontramos nela. Enquanto em algumas seringas cada marca de linha equivale a uma unidade de insulina, em outras equivale a duas unidades de insulina. Essa opção também deve ser considerada de acordo com a descrição médica. Por exemplo, se a medida receitada pelo seu médico for de dezenove unidades de insulina, a melhor opção seria a de capacidade de trinta unidades. 

Comprimento da agulha - Esse tipo de escolha deve ser de acordo com o seu biotipo físico. Existem no mercado hoje três comprimentos de agulha: 

  • 5 ou 8 mm que são indicadas para crianças, adolescentes e adultos com peso normal ou físico magro. 
  • 12,7 mm para adultos acima do peso. 

Alguns biotipos de pessoas obesas que têm pouco tecido subcutâneo em áreas como coxas ou braços, podem utilizar agulhas de comprimento menor, dependendo do resultado de uma análise especial feita por profissionais. 

As opções de agulhas e seringas para insulina mais procuradas são:

A agulha precisa estar adequada com o tipo físico de quem irá utilizá-la, pois a insulina para fornecer o resultado esperado precisa ser aplicada no tecido subcutâneo que fica entre a pele e o músculo. 

Por isso, é de extrema importância que antes de escolher a agulha ou a seringa que irá utilizar para aplicar insulina, um profissional seja consultado para te receitar o melhor tipo de acordo com as suas necessidades.

Descubra um pouco mais sobre o diabetes

O mundo está repleto de doenças que afligem o homem desde os tempos mais remotos. Muitas dessas doenças acometem o ser humano sem ele fazer algo que possa provocar essa situação, outras têm surgido como consequência de certos hábitos nocivos que acabamos adquirindo no decorrer das nossas vidas.

E existem ainda as que fazem parte das duas ocorrências. Podem tanto adoecer uma pessoa a partir de situações biológicas (hereditariedade), como podem ser a causa de hábitos pouco saudáveis. 

Uma dessas doenças muito recorrentes é a tão temida, diabetes mellitus. Essa é uma enfermidade que existe há muito tempo e sua incidência vem aumentando cada vez mais entre a sociedade. 

Responsável por milhares de pessoas doentes em todo o mundo, é uma das doenças que mais mata. Setenta e quatro mil pessoas morrem de problemas endócrinos e dessas (78%) relacionam-se à (diabetes). 

Com esses números tão crescentes, equipamentos como o Accu-Chek estão ganhando cada vez mais espaço, principalmente com a necessidade constante de aferir e medicar desordens de glicemia.

Fechar

Clique aqui e saiba mais sobre a nossa
Política de Envio.
Consulte no rodapé da loja nossas políticas.